domingo, 2 de março de 2014

Gastronomia Local


Rojão de Ribeirão Grande

Comida típica do municipio de Ribeirão Grande, hoje é conhecida em toda a região pelo seu sabor e forma folclórica como é feito, inventado pelas principais familias do municipio, o rojão é feito de carne suína que tradicionalmente era conhecido como carne socada, e amarrada com taboa, com o passar do tempo foi se aperfeiçoando e nos dias de hoje é conhecido como rojão feito de carne moída. 

Rojão sendo assado na churrasqueira


Histórico

Com a chegada da familia Ferreira no atual municipio de Ribeirão Grande no final do século XVIII, onde viveram basicamente da agricultura de subsistência desenvolvendo uma maneira artesanal na preparação de alimentos feitas com o uso do pilão e o monjolo, entre elas estava a fabricação da farinha de milho, beneficiamento de arroz ou café e o preparo da paçoca. Acredita-se que o rojão tenha surgido nessa época também, onde a carne de porco era socada em pilão até formar uma massa homôgenea em seguida era temperada com sal pimenta e outros condimentos e após um certo tempo era posta em um pedaço de madeira e enrolada por uma taboa, planta tipica de regiões alagadas e bastante comum na região, em seguida levada ao fogo para assar.
Hoje o rojão é bastante difundido na região, mas a forma de preparo foi aprimorada ao longo dos anos por questões de higiêne e de praticidade, ao invés do pilão para socar a carne usa-se a máquina, a taboa foi substituída pelo barbante de algodão e a madeira rústica por madeira de eucalipto roliça como de um cabo de vassoura oriunda de reflorestamentos.
No passado o rojão era preparado normalmente em ocasiões especiais como festas de casamento, final de ano, Páscoa e festas juninas onde as familias do bairro se reuniam para se alegrar.

Forma artesanal e moderna de preparação do rojão de Ribeirão Grande

Taboa


Casa Grande edificação histórica de Ribeirão Grande onde surgiu o rojão



Preparo

O maior segredo está nos ingredientes e no preparo do prato, a seleção da carne é um item não menos importante, geralmente usa-se pernil ou lombo. Escolhida a carne adiciona-se o tempero: alho, cebola, vinagre, sal, limão e cheiro verde, o passo seguinte é a escolha da madeira, que deve ser roliça e sem cheiro, onde a carne é acoplada e amarrada com barbante, em toda sua volta, deixando o espeto em forma de rojão, que da origem ao nome, depois de pronto é levado ao braseiro e assado em aproximadamente 40 minutos.


Rojão sendo assado na churrasqueira

Ingredientes para o preparo de 2 rojões grandes:

1 kg de pernil de porco moído
3 colheres (sopa) de farinha de milho peneirada
1 colher (sopa) de vinagre
½ cebola (bem picada)
1 ovo
5 dentes alho 
½ xicara (chá) de cheiro verde picado
1 limão (suco)
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
  • Rojão grande (espeto de 1 metro)
Misture muitos bem todos os ingredientes, trabalhando com as mãos, para que a massa fique bem compactada. Deixe descançar na geladeira por pelo menos uma hora antes de modelar os rojões.

Enrolar a carne em volta do espeto e modelando até ficar na forma de um cilindro. Amarre uma ponta do cordão em uma das pontas do rojão e enrole em volta prendendo a carne no espeto do rojão.

Agora é só levar à churrasqueira.
  • Rojãozinho (espeto de 28 cm)

Também é possível fazer os mini rojões ou rojãozinho, utilizando palitos de espetinhos de 28 cm em saquinhos de geladinho.
Encher os saquinhos com a carne moída ja temperada e em seguida inserir os palitos no meio tomando o cuidado para não furar o fundo do saquinho, deixando um espaço para amarrar a ponta do plástico, em seguida levar para congelar, para assar é só cortar o plástico do rojãozinho congelado usando uma faca afiada e levar ao fogo, não tente remover o plástico se o rojãozinho estiver descongelado, outra possibilidade bastante usada pelas pessoas da região é deixar o rojãozinho congelado na parte mais alta da churrasqueira para um pré-cozimento, depois remover o plástico.

Rojãozinho em pré cozimento


Rojãozinho na churrasqueira em Capão Bonito




Nenhum comentário:

Postar um comentário